DICAS

Bebês



Sugar estimula o desenvolvimento das arcadas dentárias e das articulações da mandíbula (o formato da boca e encaixe dos dentes). Por isso é ideal o aleitamento materno exclusivo até os seis meses, e depois alternar com outros alimentos até o primeiro ano de vida. 

 

 

 

 


⇒ Não. Isso é uma lenda que muitos dentistas ainda acreditam. Chega-se ao absurdo de aconselharem as mães a não beijarem seus filhos, não assoprarem alimentos quentes. Mas hoje já se sabe que não é a realidade. O importante é que a mãe escove adequadamente os dentes dos seus filhos com pasta de dente com flúor (com 1000 a 1500 ppm de flúor) e controlem a ingestão de açúcar. Um documento recente da Organização Mundial de Saúde recomenda que as mães evitem que as crianças consumam açúcar até os primeiros 2 anos de idade. Essas medidas são as mais indicadas e com maior força de evidência para prevenir a cárie dentária. A mãe transmitir cárie é uma bobagem sem tamanho.

 


⇒ A dieta do seu bebê deve seguir as recomendações do médico pediatra. Alimentos saudáveis são bons para os dentes e para a saúde geral da criança. Manter uma dieta equilibrada, variada, e rica em nutrientes favorece a formação dos dentes do bebê. O excesso de alimentos processados e açúcares pode levar a obesidade, diabetes melito, e cárie dentária. 


 

 

 


⇒ Bebês podem ter cárie dentária e gengivite. Quando isso acontece, frequentemente estão associados a má higiene oral, especialmente quando falta escovação antes de dormir (tanto sono durante o dia, quanto durante a noite). 

 

 

 

 


⇒ Os pais devem iniciar a escovação com uma escova infantil já com o aparecimento dos primeiros dentinhos, que ocorre geralmente no segundo semestre de vida (dos 6 aos 12 meses de idade) e, na maioria das vezes, são os primeiros dentinhos da frente na arcada inferior. Mas isso pode variar de criança para criança, sem que seja uma preocupação. Essa primeira escovação deve ser feita com escova infantil e uma quantidade pequena de pasta de dentes com flúor (1000 a 1500 ppm).

 

 

 


⇒ É importante ter o mesmo momento de tranquilidade e aconchego entre mãe e bebê durante a alimentação com a mamadeira. Mamadeiras são apenas substitutas do peito materno por problemas de saúde materno-infantil, e não uma maneira de fazer bebês beberem mais leite. O momento de desmame e a remoção final da mamadeira devem ser os mesmos do aleitamento materno. 

 

 


 


⇒ O mais importante é que os dentes sejam escovados com uma escova e com uma quantidade pequena de pasta de dente com flúor, como um grão de arroz cru, desde o aparecimento do primeiro dente, além de o consumo de açúcar ser adiado até os dois anos. É importante que as mães tomem cuidado com a ingestão de líquidos açucarados durante a noite, como mamadeiras com leite e achocolatado, sucos, ou mesmo amamentação no peito. Essa prática pode aumentar muito o risco dos bebês desenvolverem cárie, pois, normalmente, a criança dorme direto, sem fazer a higienização oral.

 

 


⇒ A erupção dentária é um processo natural, mas é sem dúvida um momento difícil para alguns bebês. Cada criança terá seu próprio tempo para o surgimento dos dentes na boca. Este processo é hereditário, mas pode ser alterado devido a mudanças de saúde ou de ambiente. 

 

 

 

 


⇒ Na verdade, a cárie não é transmitida, é uma doença causada por microrganismos que existem na boca naturalmente. No entanto, a presença deles não necessariamente leva as pessoas a desenvolverem cárie. O que faz com que isso ocorra é um desequilíbrio na microflora oral, que aumenta o número desses microrganismos. Isso pode ser causado por uma série de fatores, como escovação inadequada, associada com ingestão frequente de alimentos ricos em açúcar e ao não uso de pasta de dente com flúor. O importante não é se preocupar com o "contágio", mas sim em manter esse equilíbrio com uma boa escovação, de 2 a 3 vezes ao dia, com creme dental fluoretado, além de diminuir a frequência de ingestão de açúcar.

 


⇒ A fase de mastigação deve ser introduzida gradualmente, amassando os alimentos com um garfo, e cortando os alimentos em pedaços. Quando o seu bebê tiver vinte dentes de leite, ele deverá mastigar todos os tipos de alimento (macios e duros) para aprender corretamente a mastigar e estimular o desenvolvimento de sua boca e face. 

 

 

 

 


⇒ O melhor momento para começar é durante a gestação. Uma boa saúde oral e a ausência de problemas dentários e gengivais durante a gestação contribuirão significativamente para a qualidade da sua saúde geral. 

 

 

 

 


⇒ A ocorrência de sapinho (candidíase) é comum em bebês e é causada por fungos. Pontos ou placas esbranquiçadas podem aparecer na boca por vários motivos, como beijos de adultos, brinquedos, chupetas não esterilizadas, e falta de limpeza. Uma boa higiene oral e a limpeza dos brinquedos do bebê ajuda a prevenir o sapinho. 

 

 

 

 


⇒ É essencial que o bebê use cinto de segurança no automóvel, carrinho de passeio, e cadeirinha de bebê. Certifique-se de que as meias e os calçados do bebê são seguros, e que ambos tenham fundo antiderrapante. Fique atenta a pisos molhados, degraus, e móveis pontiagudos.

 

 

 

 

 

 
VOLTAR